Neste leilão apresentamos mais uma selecção muito especial para satisfazer qualquer que seja a exigência.

Pombos maioritariamente exclusivos do CIC. Aconselhamos uma verificação atenta aos pedigrees, agora com a nova funcionalidade pioneira do CIC única no mundo com consulta ilimitada.

Ao colocar o cursor em qualquer Pombo constante no pedigree este proporciona uma busca sem limites a todos os pombos que façam parte da arvore familiar.

No Mínimo 3250 Pombos com Origem no CIC Ganharam 1ºs Prémios desde 2013 na Peninsula Ibérica.

Base de dados (informação de cliente) actualizada a 15-01-2020.
.
No passado dia 09/01/2020, eu Anthony Oliveira responsável do C.I.C, a sair para a Exposição Nacional de Columbofilia, dei instruções para que voltassem a colocar em leilão os pombos licitados por utilizadores incumpridores que, esgotadas todas as possibilidades (e foram dadas muitas), não se dignaram a liquidar os pombos adquiridos em leilão.
 
Anexado à descrição destes pombos foi publicado o nome e localidade destes indivíduos.  
 
Esta medida, usada apenas e só em último recurso, nunca é tomada de ânimo leve e, de facto, não retiramos prazer nenhum quando temos de o fazer. No entanto, também reconhecemos que para existir transparência total nos nossos leilões é necessário esclarecer o motivo pelo qual relançamos pombos, que já tenham sido, previamente leiloados.
 
Para contextualizar:
Os pombos que regressaram neste último leilão 1 de 2020, são pombos que foram inicialmente leiloados entre fevereiro e março de 2018. Desde então, estes clientes tiveram quase um ano para se dignarem a liquidar os pombos por eles licitados na nossa plataforma. Não será por falta de aviso, nem de tentativas de colaboração da nossa parte que estes casos não se resolvem antes de chegarmos a este extremo.
Desde que haja vontade por parte do cliente em resolver a situação damos todas as facilidades e mais algumas, não estamos aqui para perseguir ninguém!
 
Infelizmente, nem tudo correu bem e desta vez algo muito grave passou despercebido.
 
Neste leilão e pela primeira vez, por lapso, volto a frisar gravíssimo da nossa parte, foi indevidamente publicado o nome do Sr. Nuno Miguel Guerreiro Vicente Veredas de Lagoa, estimado cliente que saliento e deixo bem claro NUNCA falhou para connosco e que não merecia ver os seus dados publicados desta forma!
 
Este erro, pelo que consegui apurar internamente, acontece porque houve confusão entre a sua pessoa e a do Sr. Luís Manuel Barros dos Santos, residente na Rua filarmônica 1º Maio em Lagos, pseudónimo Libas. O Sr. Barros dos Santos licitou o pombo 9274197-19, e apenas quando chegamos ao Algarve (600km das nossas instalações), informou que não se iria dignar a pagar o pombo por ele licitado. Os dados deste individou é que deveriam ter sido publicados e nunca os do Sr. Veredas. 



Pelo que apurei, internamente a confusão foi entre Lagos e Lagoa
 
Erros desta natureza não devem, não podem acontecer...  mas é certo que aconteceu, e agora? Agora resta me pedir publicamente desculpas ao Sr. Veredas, espero sinceramente que ele e todos os nossos estimados clientes consigam entender que também somos humanos, por vezes erramos…
Reconhecemos que o erro foi muito grave e que não nos dignifica mas estamos cá para o assumir e prometer que daqui em diante iremos fazer mais e melhor. Pessoalmente, deixo a garantia que certificar-me-ei que isto nunca voltará a acontecer.
 
Anthony Oliveira.